domingo, 21 de outubro de 2012

Ola queridas.
Sei que sumi e tiveram dois motivos pra isso.. o primeiro é que meu pc deu aloka e foi pro conserto e quando voltou eu não o usei com frequência e não tive coragem de vir aqui,estou sem animo a tanto tempo q nossa nem sei desde quando.Nesse instante procuro alguém pra me abraçar e dizer q me ama,que sempre vai estar ao meu lado e pra eu não me preocupar com nada pois tudo vai dar certo,eu sei q tenho Deus mas nesse momento só busco um amigo pra isso. Colegas não dá nem pra contar nos dedos mas amigos?! esses são poucos e os que tenho são tipo uns oito ou dez anos mais velhos que eu,q tem muito mais experiencia e q vivem ocupados pra ouvirem minhas neuras.Na verdade eu tenho a plena convicção que meu caso é ser tratada por psicólogos e psiquiatras mas o problema é minha mãe entender isso,ela diz q eu preciso mesmo de ajuda as vezes quando tenho crises de choro mas  mesmo eu pedindo pra que ela me leve isso não acontece e sei q a falta de tempo e dinheiro da parte dela ajudam tbm =/
Estou me sentindo muito mal agora porque briguei novamente com meu namorado mesmo depois de passarmos um ótimo dia juntos,era de se esperar q algo assim acontecesse pois é sempre assim,nunca passamos um dia felizes por completo sempre acontece alguma coisa ¬¬' e sempre que eu brigo com ele eu me sinto assim culpada,super mal,choro até não poder mais e não tenho ninguém pra desabafar porque todos estão cansados de me ver chorar por brigas no namoro. Não digo que o problema sou eu ou ele mas sim os dois,nunca a culpa é de um só! e da minha carência também ¬¬' nunca tinha percebido isso mas eu sou uma pessoa extremamente carente, choro por tudo e imploro atenção! Meus pais nunca me deram atenção e são poucas as vezes que converso com minha mãe,com meu pai já me sinto conformada, me sinto conformada de eles nunca terem me levado a nenhum lugar nos fins de semana a não ser na casa da minha tia,de não termos momentos em família e cada um viver pro seu lado,de ninguém nunca pedir pra eu melhorar nas notas nem perguntar o q eu quero da minha vida!Meu namorado me dá uma quantidade rasoavel de atenção,mais no fim de semana porque durante a semana nós mal nos falamos.. com meus amigos só converso durante o fim de semana pois na semana eles trabalham e todo mundo sabe que colegas que todos temos vários não dá pra ficar conversando certos tipos de coisas nem desabafando. Eu queria mais atenção da vida,queria que tudo fosse diferente,que meus pais fossem ao parque comigo e que frequentassem a igreja comigo ,queria ter atenção do meu namorado durante a semana também e não ter que cobrar isso,queria poder ter amigos que não me decepcionassem e sempre me escutassem quando eu preciso,eu só queria isso! é pedir demais?
Eu trocaria qualquer coisa pela presença constante deles na minha vida.queria ouvir mais ''eu te amo'' ''estarei sempre aqui''

mas acho q tudo que eu quero não vou conseguir mesmo,então vou me virar e pagar pra alguém me escutar.. só assim mesmo (:
desculpem de verdade por está postagem mas eu tive a necessidade de desabafar =/
fiquem todas com Deus ;* sz'

4 comentários:

Nayara disse...

Senti sua falta gatinha...
Vai ficar tudo bem, eu seria bom vc sair pra se divertir um pouco te faria bem!
Te adoro tah?!
Beijinhos

Luli Butterfly disse...

Bom dia lindaa! Faz tanto tempo que eu sumi que acho que vc nem vai lembrar, mas eu adorava passear pelo seu blog e estou feliz que tenha voltado.

Uma pena que vc não esteja bem, mas é assim mesmo, espero que passe.
Bjão linda! Se cuida.

J'anna disse...

Oi quanto tempo, somos ambas sumidas :P
Sei como se sente, antigamente eu e meu namorado éramos iguais a vocês dois, brigava por qquer coisa, e sempre. Mas depois de um tempo percebi que tu era muito implicante, então parei de implicar, e parei de me importar tanto com as coisas, eu dizia "quer fazer faz", parei de dar bola quando ele me enchia o saco e assim ficamos bem. Porém, estou trabalhando temporariamente com ele, e dormindo mais na casa dele que na minha, e a faculdade tem me deixado muito estressada, somando tudo isso, resulta em eu sendo estúpida com ele direto, não tendo mais paciência para ele e tudo mais. Essa semana me peguei segurando o braço dele com força e enfiando as unhas na pele, minha vontade era de quebrar ele, e percebi ele me olhando assustado. Então, meu conselho pra vocês: deixem de se importar tanto, sério. Se ele fala algo que te incomoda, para de se incomodar, esquece, ignora, e por favor, tenta não descontar estresse nele (claro que isso serve para ele tbm), eu to me sentindo horrível ainda por ter sido violenta, nunca fiz coisa do tipo.
Sobre querer ser abraçada, e ter alguém para conversar, eu sinto o mesmo :~~ e ao mesmo tempo não tenho paciência para explicar para as pessoas como eu me sinto.. e assim com você?
Beijos e se cuida :*

A Noiva Cadáver disse...

É certo que escrever aqui e todas nós lermos o seu desabafo pode ser um alento, mas a procura de um profissional muitas vezes é um tanto quanto válido.
Não suma